Milena Santos e o ex-Ministro Alessandro Teixeira - Foto: Reprodução Facebook

Milena Santos desmente separação de ex-ministro do Turismo, que ameaça processar assessor




O caso da suposta separação entre Milena Santos e o ex-ministro do Turismo (PT-RS), Alessandro Golombiewski Teixeira, ganhou desdobramentos estranhos.

Segundo Milena, uma página falsa foi crada na rede social Facebook para afirmar o término do relacionamento do casal.

A ex-Miss Bumbum Estados Unidos disse em post no microblog Twitter, que já tomou as medidas cabíveis para apurar a autoria das falsas informações sobre o fim do seu casamento.

“Caros amigos e amigas, alguém criou uma página de Facebook usando a minha imagem e com ela estão publicando inverdades e difamações. Estamos reunidos neste momento com as autoridades e com a Polícia Federal para então, encontrar este indivíduo ( a ) caso essas pessoas não saibam, isso é crime! Assim aplicarei para todos aqueles que se titulam meus assessores de imprensa, dos quais eu já disse que não tenho nenhum assessor, nem dei autorização para que senhor ninguém vá a programas de tvs ou jornais falarem por mim, por nós”, declarou Milena.

A ex-Miss Bumbum EUA também me enviou uma mensagem através do aplicativo Whatsapp, na qual questiona uma suposta assessoria de imprensa e diz que seu marido vai entrar com um processo contra a MF Assessoria de Imprensa, empresa que dirijo.

Já o o ex-ministro do Turismo (PT-RS), Alessandro Golombiewski Teixeira, preferiu ligar para meu telefone, fazendo ameças sobre processos e afins.

Cheguei realmente a auxiliar o casal, quando a mídia bombardeou Milena, por conta da publicação de fotos sensuais feitas no planalto e no gabinete do ex-ministro, mas nunca fechei contrato com a moça.

Estava passando por uma cirurgia ontem, quando o ex-ministro fez diversas ligações ameaçadoras, mesmo tendo certeza de que não tenho vinculo com Milena e que por conta da minha situação, não cheguei a falar com a imprensa sobre o caso.

Jennifer de Paula, que também atua na MF Assessoria, foi a pessoa que atendeu os telefonemas feitos por Alessandro, enquanto eu estava na mesa de cirurgia de um hospital no Rio de Janeiro.

“Fomos procurados pela imprensa, por já termos prestado um serviço para a Milena, mas não somos a assessoria dela. Achei uma falta de respeito do ex-ministro, não só pelas acusações infundadas e pelas ameaças, mas também pela falta de respeito. Fabiano estava sendo operado, estava passando por uma cirurgia delicada e o ex-ministro não respeitou ele como pessoa e muito menos como profissional”, afirma Jennifer de Paula.




No Comments

Leave a Comment