unnamed

Musa da Bateria da Acadêmicos do Tatuapé, Gabi Miranda levou soco de uma passista por ser “branca”




A modelo e atriz Gabi Miranda, Musa da Bateria da Acadêmicos do Tatuapé, sofreu preconceito por ser branca, não ser famosa e não fazer parte da comunidade de uma escola de samba.

Durante um ensaio técnico no sambódromo do Anhembi, em São Paulo, no Carnaval de 2015, a morena chegou a ser xingada de “branca” e foi agredida com um soco por uma passista. O presidente da escola de samba pela qual ela desfilou a defendeu no exato momento do ocorrido.

Foto: Divulgação rede social / MF Assessoria

Foto: Divulgação rede social / MF Assessoria




No Comments

Leave a Comment